Parnahyba vence a segunda seguida e assume ponta do Piauiense

Por: José Loiola Neto do Elesbão News

Em jogo pela quarta rodada do Campeonato Piauiense, disputado na noite da última quarta-feira(22/2), no Estádio Pedro Alelaf em Parnaiba, o time da casa– o Parnahyba venceu por 3×1 o Piauí e alcançou a liderança do estadual, depois de duas vitórias consecutivas, a primeira em seus domínios. O time da capita perdeu a quarta consecutiva e continua como último colocado, estando ameaçado de rebaixamento.

O jogo no litoral foi decidido no segundo tempo, com todos os gols assinalados na fase derradeira de espetáculo. Inspirado, o Tubarão fez 3×0, graças aos gols de Yerien, Renan e Jânio Daniel, o Enxuga Rato diminuiu com Sorin, ex-Parnahyba.

Parnahyba: segunda vitória consecutiva no estadual e liderança alcançada

O Parnahyba soma seis pontos na tabela de classificação, mesma pontuação de Altos e Flamengo, porém tem melhor saldo de gols que o Altos, e maior número de gols marcado em relação o Mengo.

O jogo no Pedro Alelaf teve arbitragem de Lindomar de Araújo Oliveira, renda superior de R$ 7 mil, mais de 800 pagantes, Essa quarta rodada do Estadual será complementada no próximo domingo de carnaval com Altos x Picos, no Lindolfo Monteiro, às 16h.

FICHA TÉCNICA

PARNAHYBA 3 x 1 PIAUÍ

Motivo: Campeonato Piauiense de Futebol – 1° Turno – 4ª rodada

Data- dia- hora; 22/02/2017 – quarta-feira- 20h

Local: Estádio Pedro Alelaf em Parnaíba – PI

Árbitro: Lindomar de Araújo Oliveira

Assistentes: Ozeás de Sousa dos Santos e Raimundo David dos Reis Alves.

Renda- público: R$ 7.365,00 = 801 pagantes

Gols: Yerien, Renan e Jânio Daniel(PARNAHYBA); Sorín(PIAUÍ)

Cartões amarelos: Marcos Gasolina, Ramón, Siderval, Jânio Daniel, Luciano, Fabiano (PAR) e Victor Salvador (PIA).

Expulsões: Victor Salvador(PIAUÍ) e Fabiano(PAR)

PARNAHYBA: Alex; Thiago Granja, Gilmar Bahia, Renan e Siderval; Ramón (Luciano), Fabiano, Marcos Gasolina (Biel) e Da Silva; Jânio Daniel e Yerien (Dênis). Técnico: Fernando Tonet.

PIAUÍ: Joel; Mury (Testinha), Didi, Marcelo e Sorín; Ítalo (Breno), Pablo, Victor Salvador e Dudu; Ricardo Oliveira e Nil. Técnico: Marcão